Prince Edward Island

Emblema Prince Edward Island

Capital: Charlottetown

A ilha de Prince Edward é uma das menores no Canadá, tanto em tamanho quanto em população. Localizada na costa leste canadense, a ilha era inicialmente habitada pelos povos aborígines Mi’kmaq (Micmac) que viviam de subsistência. Em 1534 o explorador francês Jacques Cartier chegou à região tomando posse da terra, porém não a fizeram colônia até 1719.

Alguns anos depois (1758), com a chegada dos britânicos, o povo francês foi expulso da ilha, tornando-se colônia Britânica. A ilha foi dividida em 67 parcelas de terra que foram sorteadas entre fazendeiros e aristocratas ingleses. Com esta decisão a população da ilha cresceu desenfreada criando diversos problemas, e, em 1864, o governo iniciou a recompra das terras.

Em 1769, a ilha de Saint John, como era conhecida, tornou-se uma colônia britânica independente e em 1799 recebeu o nome pelo qual hoje a conhecemos, em homenagem ao príncipe Edward da Inglaterra.

A ilha tornou-se parte da confederação canadense somente em 1873. A ilha sediou a conferência de Charlottetown onde foram processados os primeiros artigos para a inclusão da província ao território canadense. Estas cláusulas não foram aceitas até tal data. Foi somente após uma crise na construção da ferrovia que ela aceitou o convite, uma vez que teria suas dívidas pagas pelo governo.

Bandeira Prince Edward Island

O brasão da província foi confeccionado em 1905 pelo rei Edward VII. No topo do escudo está simbolizado o leão que homenageia a Inglaterra e logo abaixo há três pequenos carvalhos simbolizando a nobreza da ilha e o maior representando a Grã-Bretanha. As raposas prateadas são animais raros nativos da região, além de simbolizarem a inteligência e a razão. A capa em forma de asas que parece cobrir o capacete tem as cores nacionais canadense. O pássaro, Blue Jay, carrega em seu bico um ramo de carvalho vermelho; ambos remetem à província. O lema “Parva sub ingenti” significa “O pequeno sob a proteção do grande”.

A bandeira da província também possui a parte central do escudo, o carvalho e o leão, ambos em respeito à colonizadora Inglaterra.

Maiores Informações:

Principais Cidades:

Charlottetown

A Ilha de Prince Edward recebeu este nome em homenagem ao príncipe Edward da Inglaterra em 1799. Primeiramente a ilha era chamada de Abegweit, que significa “início nas ondas”, pelos índios Mi’kmaq, depois foi chamada Ilha de St. Jean pelos franceses e Ilha de St. John pelos ingleses que a colonizaram, sendo que este último nome permaneceu até o presente.

Em 1764, o capitão Samuel Holland foi nomeado inspetor-geral e a ele foi dada a tarefa de inspecionar as terras que eram de posse britânica no Novo Mundo. Ele sugeriu que a região onde se encontra a cidade de Charlottetown fosse escolhida para sediar uma das primeiras cidades da ilha e a nomeou Charlotte Town (primeiramente separado) em homenagem a rainha Charlotte, esposa de George III da Inglaterra.

Um ano depois a cidade de Charlotte Town foi designada capital da província. O governo formal na cidade teve início com a chegada do governador Walter Patterson em 1770. Além de ser o centro administrativo da ilha, Charlottetown também era o quartel general para as forças armadas, a milícia estava sendo abrigada no forte George. Charlottetown tornou-se cidade depois da reunião geral da ilha de príncipe Edward sediado na cidade de Charlottetown em abril 1855.

Os pais da confederação encontraram-se originalmente para discutir a união ao Canadá Superior e Inferior na legislatura provincial de Charlottetown. Esta reunião resultou na escolha da cidade como capital da província e é conhecida como o berço da confederação.

Sobre a Cidade:

Atrações:

Parques e Trilhas:

Museus:

Teatros:

Galerias de Arte:

Summerside

Ottawa

O nascimento e o desenvolvimento da cidade de Summerside na ilha de Príncipe Edward possui uma história fascinante que ocorreu durante o século dezenove, sob a influência do mercantilismo e do transporte marítimo e ferroviário.

Durante o domínio inglês a província foi dividida em 67 parcelas e em 1800 um senhor inglês, Coronel Harry Compton, recebeu as terras onde hoje se encontra a cidade de Summerside.

As terras foram alugadas e/ou vendidas gerando o crescimento populacional e abrindo novos mercados. A cidade tornou-se uma produtora de embarcações após a abertura do cais da Rainha em 1840. Em 1851, às vésperas de ser estabelecido um governo responsável colonial, Summerside transformara-se num centro comercial. Novos imigrantes foram atraídos à cidade em busca de emprego. O comércio de exportação de madeira e produtos da agricultura estava prosperando e uma comunicação regular do vapor tinha sido estabelecida com outros portos coloniais. Um trajeto de vagão conhecido como "Broadway" (rua de água) uniu o leste pela costa encontrando a estrada ocidental.

A agricultura cresceu por volta de 1900 fazendo aumentar a população consideravelmente. Hoje, esta tranqüila cidade com ruas arborizadas é conhecida pelo “Lobster Carnival” (“Festival da Lagosta”) que ocorre no mês de julho.

Sobre a Cidade:

Atrações:

Parques e Trilhas:

Museus:

Devido a volatilidade cambial, não temos valor de cambio fixo nesta data.
Favor consultar-nos para pagamentos.